sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Prévia da 9ª rodada da Premier League


Após mais um meio de semana onde os ingleses se deram bem nas competições europeias - incluindo a honrosa derrota do Tottenham para a Inter por 4 a 3 -, a bola volta a rolar pela Premier League, e o destaque vai para o jogaço de domingo entre Manchester City x Arsenal, respectivamente 2º e 3ºs colocados. Mas começaremos por sábado:


(5º) Tottenham x Everton (11º) [8h45]

Conforme dito, a equipe londrina conseguiu uma derrota com sabor de vitória diante da campeã Inter, afinal, em 35 minutos já tomava 4 a 0, e com um jogador a menos (Gomes foi expulso após pênalti em Biabiany) parecia que tomaria uns nove. Mas eis que surge Gareth Bale e marca três gols. O ano de 2010 do galês é fantástico.

Já o Everton faz má campanha, mas já não perde há três jogos, e vem embalado após vencer com autoridade o rival Liverpool e mantê-lo mais uma rodada na zona de rebaixamento. Conta com a ótima fase de Tim Cahill.

Palpite: Empate.

(1º) Chelsea x Wolverhampton (18º) [11h]

Mesmo com vários desfalques, o Chelsea venceu bem o Spartak Moscou, fora de casa, por 2 a 0. Mas vem de empate na Premier League diante do Aston Villa e já não tem mais folga na liderança. Deve ter o retorno de Didier Drogba e Frank Lampard.

Já o Wolves, de ótimo fim de temporada passada após Mick McCarthy encontrar no 4-5-1 um esquema de jogo ideal, vem tentando jogar com 2 atacantes, mas até agora não deu certo, é o terceiro pior ataque da competição.

Palpite: Chelsea.

(15º) Wigan x Bolton (7º) [11h]

O Wigan vencia o Newcastle fora de casa até os 49 do segundo tempo, quando sofreu o empate. Não fosse isso, hoje estaríamos falando sobre o 10º colocado, que tem N'Zogbia voltando a jogar bem.

O Bolton é uma das gratas surpresas até aqui, com um quarteto ofensivo de respeito formado por Lee Chung-Yong, Martin Petrov, Kevin Davies e Elmander.

Palpite: Empate.

(17º) Birmingham x Blackpool (10º) [11h]

Repetir a ótima campanha da temporada passada, quando retornava à elite, era improvável, mas o lugar do Birmingham não deve ser lutando contra rebaixamento. Pra piorar, viu seu principal reforço, Aleksandr Hleb, reclamar publicamente de falta de oportunidade para atuar.

O Blackpool é um time de extremos: quarto melhor ataque (atrás de Chelsea, Man Utd e Arsenal), mas pior defesa. Se não melhorar o desempenho defensivo, uma hora o ataque para de marcar gols e aí começará a despencar na tabela.

Palpite: Birmingham.

(6º) West Bromwich x Fulham (12º) [11h]

De todas as surpresas positivas, o West Brom é quem mais agrada. Não apenas pela brilhante colocação, mas por realmente ter um time bom, com algumas "sobras" de clubes da elite, como Shorey, Scharner e Brunt. Vem de um inesperado empate fora de casa diante do Manchester United.

O Fulham conseguiu 6 empates em 8 jogos até aqui, e tem sido um dos times mais chatos de se ver jogar. Obra de Mark Hughes.

Palpite: West Bromwich.

(13º) Sunderland x Aston Villa (8º) [11h]

O Sunderland é outro que empatou 6 jogos, incluindo os 5 últimos, e uma vitória sobre o Man City antes dessa série. É um bom time, mas pontuando de um em um não sairá do meio da tabela.

O Villa vem de bom empate diante do Chelsea, onde sentiu demais a falta de Marc Albrighton. Precisa resolver a falta de gols, apenas 9 até aqui, sendo um de Heskey e nenhum de Carew, seus principais atacantes.

Palpite: Empate.


(20º) West Ham x Newcastle (16º) [11h]

Uma daquelas partidas que, lá pra abril de 2011, poderá ter sido decisiva na luta contra o rebaixamento.

Teoricamente ao menos o Newcastle tem elenco pra se salvar com tranquilidade, mas dizia-se exatamente o mesmo na campanha do rebaixamento em 2009. Não vence há 3 jogos, sendo derrota pra Stoke e empate com Wigan, ambos em casa.

O West Ham já não perde há 4 jogos, e mesmo assim encontra-se na lanterna, o que dá dimensão do seu tétrico início de temporada. Ainda sim, ganhou fôlego após a entrada de Victor Obinna no time, fazendo ótimas partidas.

Palpite: West Ham.


Domingo:

(9º) Stoke City x Manchester United (4º) [9h30]

Uma campanha bem cara do Stoke: poucos gols feitos, poucos sofridos. É dessa maneira que a equipe de Tony Pulis se mantém sem correr muito risco de rebaixamento.

Já a de Alex Ferguson já começa a irritar pela letargia. Fez 1 a 0 rapidamente no Bursaspor e passou 80 minutos cozinhando o jogo. O mesmo diante do WBA, fez 2 a 0 e permitiu o empate, em pleno Old Trafford. E ainda por cima tem externada a vontade de Wayne Rooney em sair, deixando um ambiente ruim nos Red Devils. Ainda não venceu fora de casa, com 4 empates em 4 partidas.

Palpite: Manchester United.

(19º) Liverpool x Blackburn (14º) [11h]

Três derrotas e dois empates é o saldo do Liverpool nas cinco últimas partidas da Premier League. No meio de semana empatou sem gols contra o Napoli, na Itália, resultado até bom visto os vários desfalques. Derrota na partida de domingo deve significar a saída de Roy Hodgson, ainda mais após a demissão de Frank Rijkaard do Galatasaray.

O Blackburn é outro da turma do "poucos gols", com 7 pró e 8 contra. Pra quem tem El-Hadji Diouf, Mame Diouf, Gamst Pedersen e Kalinic, a campanha é decepcionante.

Palpite: Liverpool.

(2º) Manchester City x Arsenal (3º) [12h]

Simplesmente imperdível. O City tem três pontos de vantagem sobre o rival de domingo, e vem de vitória sobre o Lech Poznan na Liga Europa, com 3 gols de Adebayor que, com a motivação de enfrentar o ex-clube, deve ser titular - algo que com Roberto Mancini não vem acontecendo com frequência.

Já o Arsenal fez 5 a 1 no Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões, onde contou com o vital retorno de Cesc Fabregas, que já aproveitou pra provocar o City dizendo que "alma de campeão não se compra". O jogo promete.

Palpite: Arsenal.

Nenhum comentário: