sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Análise da semana: Desgraça pouca é bobagem...


Poucas palavras exprimem melhor a temporada do Portsmouth que o verbete ‘desespero’. O clube do sul da Inglaterra se encontra em sua pior crise ao longo dos 111 anos de história. A situação vai tão além de crise técnica e/ou treinador que qualquer análise sobre a temporada dos jogadores e dos treinadores (Paul Hart, até a 13ª rodada, e Avram Grant, da 14ª em diante) é injusta. Não há a menor condição de se trabalhar no Fratton Park hoje.

A começar pela base: o time, que teoricamente teria dinheiro, já está com o seu quarto dono ao longo da temporada: Alexandre Gaydamak, Sulaiman Al-Fahim, Ali Al-Faraj e Balram Chainrai. Esse último, atual dono, já procura um novo comprador. Parece piada, mas é verdade: o Pompey pode ter um quinto dono já na atual temporada. Como esperar resultados dentro de campo assim?

Depois, a dívida que o clube tem com outras equipes, nas quais se incluem Chelsea, Tottenham, Watford, Udinese e Lens. Em janeiro desse ano, a Premier League reteve o dinheiro dos direitos de televisão do clube, a fim de garantir o saldo dessas dívidas. No mês anterior, o Portsmouth já havia atrasado o pagamento dos seus jogadores e funcionários, pela segunda vez no ano. A situação ficou tão constrangedora que até o site do clube ficou fora do ar, por falta de pagamento à empresa que administra o portal.

Agora, no início dessa semana, outra bomba explodiu por lá: o Supremo Tribunal de Londres determinou que o Portsmouth tem sete dias para sanar suas dívidas com a Receita Federal da Inglaterra, ou o clube entrará em concordata. Se isso acontecer, além de perder o comando administrativo, o time em si também será punido com a perda de nove pontos. Mesmo com 16 pontos até aqui já não está fácil imaginar que irá se salvar; se perder nove pontos então, aí cumprirá tabela pelas próximas doze rodadas.

O time em si, nome por nome, não é o pior da Premier League. James é goleiro da seleção; Finnan tem várias temporadas de Liverpool; Belhadj é um dos grandes nomes da lateral esquerda no futebol inglês; O’Hara, Yebda e Kevin-Prince Boateng formam um bom meio campo, e Aruna Dindane e Piquionne são atacantes de relativo valor. Claro que é um time, sim, para brigar contra o rebaixamento, mas, em condições normais, a lanterna isolada não se justifica.

Pra finalizar, o Portsmouth cometeu um erro similar ao do Leeds United. Pra quem não se lembra, na temporada 2000/01, o Leeds chegou até as semifinais da Liga dos Campeões da Europa, com um elenco repleto de grandes nomes, como Nigel Martyn, Ian Harte, Jonathan Woodgate, Harry Kewell, Lee Bowyer e Alan Smith, e com os reforços de Rio Ferdinand, Dacourt, Robbie Keane e Viduka. Foram derrotados pelo Valencia e, daí em diante, o time foi ladeira abaixo, muito por conta do alto valor desse time. Hoje luta na terceira divisão para conseguir o acesso.
O Pompey, de algumas temporadas pra cá, trouxe jogadores renomados, como David James, Sol Campbell, Glen Johnson, Kanu, Milan Baros, Defoe, etc. É bem verdade que ganhou a FA Cup da temporada 2007/08, seu primeiro título de real importância desde 1950. Mas, financeiramente, o clube quebrou.

Resta saber se também tomará o mesmo caminho do Leeds.

No sábado, uma partida que, para os torcedores do Portsmouth, vale como um título: o clássico diante do Southampton, fora de casa, pela FA Cup.


Time-base(4-3-1-2): David James; Finnan, Ben-Haim, Marc Wilson e Belhadj; Yebda, O’Hara e Michael Brown(Mokoena); Kevin-Prince Boateng; Aruna Dindane(Kanu) e Piquionne.

Artilheiros na Premier League:
Aruna Dindane - 5 gols
Frederic Piquionne - 3 gols
Nadir Belhadj - 2 gols

Curiosidade: Se perder os nove pontos por entrar em concordata, o desafio do Pompey passa a ser o de não ostentar o nada honroso título de pior time da história da Premier League. O atual 'campeão' é o Derby County, que na temporada 2007/08 conquistou simpáticos 11 pontos em 38 jogos.

Próximos compromissos:
13/02 FA Cup - Southampton vs.
20/02 Premier League - vs. Stoke City
27/02 Premier League - Burnley vs.
06/03 Premier League - vs. Chelsea
09/03 Premier League - vs. Birmingham
15/03 Premier League - Liverpool vs.

3 comentários:

Lucho Cláudio disse...

A.R.,

Um time ter cinco proprietários em um espaço de tempo tão curto, é a maior piada que eu li nesse ano de 2010. Bom, porque só pode ser piada essa história que você contou na "Análise da Semana".

Lembro que o Pompey já teve um setor de meio com jogadores bons e altos, quase todos acima de 1,90m. Mas isso foi no passado...


Um abraço!

Matheus Pereira (FootEuro) disse...

André e Jéssica, entrem no futeurope (futeurope.blogspot.com) e participem do quiz! leiam o regulamento no blog e mandem por e-mail!


abraços, footeuro

Eduardo Junior disse...

O fim da picada foi o jogo com o Manchester United. Três gols contra é patético