quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Arsenal vence Bolton e é líder; Liverpool vence Tottenham e afasta a crise

Arsenal 4 x 2 Bolton

Depois de três dias, Arsenal e Bolton voltaram a se encontrar e mais uma vez, o time de Arsène Wenger saiu de campo como vencedor. De virada, os Gunners venceram os The Trotters, por 4 a 2, e assumiram a ponta da Premier League provisoriamente, já que possuem um jogo a menos que o ex-líder Chelsea.

Ao contrário da partida do final de semana, dessa vez o confronto foi no Emirates Stadium, porém o Bolton não se intimidou e aos 28 minutos do primeiro tempo, a partida já estava 2 a 0 para os visitantes, gol de Cahill e Taylor, após bobeadas seguidas da defesa do Arsenal.

Com o placar adverso, os Gunners começaram a pressionar e esta pressão acabou dando resultado aos 44 minutos da primeira etapa, quando Rosicky acertou um lindo chute, indefensável para o goleiro Jaaskelainen.

No segundo tempo, contando com o apoio dos torcedores, o Arsenal foi todo para o ataque e chegou ao tão suado empate aos 7 minutos, com Fabregas. No lance, o zagueiro Gallas, dos Gunners, fez falta em Davies, que saiu de campo contundido.

Com muita vontade, o Arsenal conseguiu a virada aos 20 minutos, com o zagueiro artilheiro Vermaelen, que já marcou cinco gols no campeonato inglês.

Precisando de mais um gol para chegar à liderança, o time de Arsène Wenger batalhava muito em busca do resultado e acabaram sendo premiados, com o belíssimo gol de Arshavin, aos 40 minutos, para decretar a vitória do novo líder da Premier League.

Vitória da liderança e ainda existe esperança para o Bolton

Mais uma vez contando com a individualidade de seus jogadores e também com a precisão nos passes curtos, o Arsenal venceu o Bolton. Arshavin, Fabregas, Eduardo da Silva, entre outros, mostraram que realmente são decisivos. Além disso, para uma equipe que nem era tida no início da temporada como candidata ao título, chegar à liderança agora, é sensacional.

Já para o Bolton, fica a sensação de que a equipe melhorou após a entrada de Owen Coyle, mas essa evolução tem que se refletir nos resultados.


Liverpool 2 x 0 Tottenham

Em jogo adiado da 21ª rodada do Campeonato Inglês, o Liverpool venceu o Tottenham, por 2 a 0, com dois gols de Kuyt, e minimiza um pouco a crise que se instalou no time da terra dos Beatles.

Precisando mais do que nunca dos três pontos, o Liverpool sabia que o tempo era precioso e caso o gol não acontecesse nos primeiros minutos de partida, a coisa poderia se complicar. Mas logo aos 6 minutos de jogo, Kuyt tabelou com Aquilani e chutou de fora da área, fazendo o primeiro gol dos Reds.

A partir daí, o Liverpool recuou esperando o melhor momento para contra atacar, enquanto o Tottenham rodava a bola no meio de campo, mas sem qualquer objetividade.

Em alguns momentos, o time de Rafa Benítez era perigoso, principalmente nas bolas paradas, mas também sentia muito a falta de Fernando Torres no momento das conclusões, e também de Gerrard, nas armações das jogadas de ataque.

Na segunda etapa, o Tottenham continuou bastante desorganizado, enquanto o Liverpool mantinha a sua proposta de jogo, já que tinha a vantagem no marcador.

Até que nos acréscimos do segundo tempo, Bassong comente pênalti sobre N'gog, que Kuyt converte e dá números finais a partida.

Com este placar, o Liverpool é o sexto na tabela, ultrapassando o Aston Villa e entrando assim no grupo que disputa a próxima Liga Europa. Já o Tottenham permanece na quarta colocação e última de classificação para a próxima Champions League, porém está vaga está cada dia sendo mais ameaçada.

Lembrando que esta foi à partida de número 100 do volante brasileiro Lucas, com a camisa do Liverpool.

Abraços a todos, Jessica Corais

Um comentário:

Stebozza disse...

O Liverpool ganhou? Não é pegadinha? Ô loco!
Sobre o Arsenal, que virada. 2x0 não é mole. Qualquer erro era 3x0 e fim de papo.