quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Com show de Tevez, Manchester City vence rival Manchester United pela Carling Cup

Tevez e Kompany

De virada e com a estrela de Carlitos Tevez, o Manchester City venceu no jogo de ida o seu principal rival, a equipe do Manchester United, e deu assim, um passo muito importante para disputar a grande final da Carling Cup.

Fazendo uma excelente marcação, o Manchester United não dava qualquer brecha para o City, que tinha em seu ataque, três jogadores rápidos: Tevez, Wright–Phillips e Bellamy. Enquanto os Diabos Vermelhos apostavam nas investidas ao ataque de Evrá e na categoria de Rooney para que pudesse abrir o marcador.

Aos 16 minutos de jogo, com maior posse de bola, aconteceu o gol dos visitantes. Após uma jogada muito bem construída até o gol do veterano Giggs.

Com o gol sofrido, o City começou a pressionar, porém pecava nas conclusões. Eis que aos 39 minutos, Bellamy é derrubado na esquerda por Rafael, pênalti. Que Tevez cobra e marca. Era o começo da vingança do atacante argentino diante de seu ex-clube...

A segunda etapa começou mais disputada e com mais chances para ambos os lados. Porém, quem aproveitou melhor a oportunidade que teve foi o dono da noite, Carlitos Tevez. Ele aproveitou o cruzamento de Kompany, e de cabeça, aplicou a virada nos Diabos Vermelhos.

Em desvantagem no placar, Alex Ferguson tirou Anderson e colocou em campo Owen. Já Mancini, para tentar proteger ainda mais a sua defesa, sacou Wright-Phillips para a entrada de Sylvinho.

Nos minutos finais de partida, os Red Devils começaram a pressionar os donos da casa, porém o placar não foi alterado.

A outra vaga para a final será decidida hoje. Partida em que o Aston Villa recebe o Blackburn tendo a vantagem de poder empatar para ir à decisão. No jogo de ida, o Villa venceu, fora de casa, por 1 a 0.

Abraços a todos, Jessica Corais

3 comentários:

Stéfano disse...

Assisti esta partida. nteressante o trecho "Era o começo da vingança", porque acabei de fazer um post do assunto e o título que escolhi, até por preguiça de pensar em algo melhor, foi "a vingança de Tevez".
Sobre o jogo em si, não tenho muito a acrescentar do que foi colocado no post. Um United marcando muito que pouco permitiu ao rival. Mas não contava com um Tevez tão inspirado. Ele definiu o jogo.
Aliás, interessante uma jogada: ele foi ficar correndo atrás da bola sozinho, enquanto Van der Sar e zaga tocavam bola. Isso tocou a torcida, que reclamou dos outros atletas.
Tevez, sem dúvida nenhum, foi o nome do jogo.

Eduardo Junior disse...

É claro que o Tévez fez um partidão, mas tem de se destacar as partidas do De Jong e do Zabaleta. Se nao fossem eles segurando as pontas lá atrás......

Vinícius Franco disse...

Não pude assistir ao jogo, mas parece que o Tevez detonou mesmo. O argentino joga muito!