sexta-feira, 2 de abril de 2010

Liverpool perde para o Benfica; Fulham bate Wolfsburg

Na abertura dos jogos de ida das quartas-de-final da UEFA Europa League, dois times ingleses entraram em campo e tiveram resultados distintos: o Liverpool foi a Lisboa e perdeu para o Benfica por 2 x 1, enquanto o Fulham, em Londres, venceu o Wolfsburg pelo mesmo placar.

O Liverpool tinha um adversário complicadíssimo pela frente, dono de um futebol que vem encantando na atual temporada, especialmente quando joga no Estádio da Luz. Porém, logo aos 9 minutos, o estádio silenciou-se quando Daniel Agger, num golaço de letra, abriu o placar para os Reds.

Aos 31, o lance-chave da partida: Luisão fez falta em Fernando Torres e Ryan Babel foi tirar satisfação, colocando a mão no rosto do brasileiro, que foi pra cima do holandês. O árbitro Jonas Eriksson expulsou apenas o jogador do Liverpool, de maneira incompreensiva. Com um jogador a menos, a pressão foi intensa, mas o 1 x 0 foi o placar do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Benfica empatou com Óscar Cardozo cobrando pênalti que Emiliano Insúa cometeu em Pablo Aimar. Aos 34 minutos, outro pênalti em favor dos Encarnados, dessa vez um toque de mão de Jamie Carragher dentro da área, e novamente o paraguaio converteu a penalidade, dando números finais ao confronto.


Já o Fulham vinha conseguindo um extraordinário resultado: vencia por 2 x 0, gols de Bobby Zamora, batendo no canto direito do suíço Diego Benaglio, e do irlandês Damien Duff, após pivô de Zamora.

Mas, de maneira trágica, aos 44 do 2º tempo, Zvjezdan Misimovic cruzou na área e o zagueiro Alexander Madlung fez um gol vital para os Lobos, que agora jogam por vitória simples pra se classificarem.

Os jogos de volta acontecem na próxima quinta-feira.

2 comentários:

rpoleu disse...

Tomara que os times ingleses passe pra semi.

otimo post. vlw.

Eduardo Junior disse...

Não pude assistir ao jogo do Liverpool, mas pelo que ouvi, foi uma arbitragem muito confusa. Não vi a expulsão, fiquei sabendo que o árbitro deixou de marcar dois penaltis pros Reds, mas vi os dois pênaltis do Benfica. Para mim, o penalti no Aimar só seria marcado no Brasil, para mim, não foi nada.

O Fulham pode repetir a história da fase 32 avos de final. Os londrinos venceram o Shakhtar na Inglaterra por 2x1 e arrancaram um 1x1 na Ucrânia