segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Resumo da 25ª rodada da Premier League


Liverpool 1 x 0 Everton


No grande clássico da cidade, o Liverpool bateu seu rival Everton por 1 x 0, gol de Dirk Kuyt, e enfim terminou a rodada dentro da zona de classificação para a Champions League - ainda que tenha dois jogos a mais do que o sexto colocado, Manchester City, três pontos abaixo dos Reds.

O jogo começou disputadíssimo, como todo derby de Merseyside, mas a disputa passou dos limites e o jogo ganhou contornos violentos, como raramente se vê na Premier League. Aos 34 minutos, o zagueiro grego Kyrgiakos foi expulso, numa disputa de bola com Fellaini, onde o árbitro Martin Atkinson deveria ter expulsado também o meia belga. A sensação de uma expulsão injusta parece ter mexido com os brios do time de Rafa Benítez.

Aos 10 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio de Gerrard, o holandês Kuyt cabeceou para o fundo do gol de Tim Howard para marcar seu quarto gol nos últimos cinco jogos, se tornando peça-chave do time na temporada.

Do lado azul, fica a sensação de que outra oportunidade como essa de vencer o rival fora de casa vai demorar pra aparecer de novo, pois jogou mais de 50 minutos com um homem a mais. Nos acréscimos, o sul-africano Pienaar recebeu cartão vermelho e desfalca os Toffees na próxima partida.

Manchester United 5 x 0 Portsmouth

Sem nenhuma dificuldade, o Manchester United atropelou o lanterna Portsmouth por 5 x 0 e se mantém como grande perseguidor do Chelsea na disputa pelo título inglês. Destaque para os autores dos gols: Vanden Borre, Marc Wilson e Richard Hughes, todos jogadores do Pompey, marcaram contra - ainda que o de Hughes seja crueldade, o chute de Carrick tinha a direção do gol, o volante do Devils merecia o gol. Rooney, artilheiro da Premier League com 21 gols, e Berbatov fecharam a goleada.

O português Ricardo Rocha, que já jogou no Tottenham, fez sua estreia no time dirigido por Avram Grant.

Hull City 2 x 1 Manchester City

Após o empate diante do Chelsea no meio da semana, agora foi a fez do Hull City tirar pontos de outro postulante aos lugares mais altos da tabela, ao bater o Manchester City por 2 x 1 e sair da zona de rebaixamento. Os gols dos Tigers foram de Altidore, aos 31 minutos de jogo, e George Boateng, num bonito chute de fora da área, aos nove da segunda etapa. Cinco minutos depois, Adebayor esboçou uma reação dos Citizens, mas parou por aí.

O time de Roberto Mancini teve as estreias de Patrick Vieira e Adam Johnson, ambos entrando no segundo tempo nos lugares de Bellamy e Ireland, respectivamente.

Burnley 2 x 1 West Ham

Em confronto direto contra o rebaixamento, o Burnley recebeu e venceu o West Ham por 2 x 1, gols de Nugent e do estreante Daniel Fox, ex-Celtic. Outro estreante a marcar gol foi o brasileiro Ilan, ex-Saint-Etienne, da França. Além dele, Benny McCarthy e Mido também fizeram sua primeira partida com a camisa dos Hammers.

Stoke City 3 x 0 Blackburn

Com gols de Higginbotham, Sidibe e Etherington, o Stoke City somou três pontos e tomou a décima primeira colocação do próprio Blackburn.

Sunderland 1 x 1 Wigan

21 de novembro de 2009 é a data da última vitória do Sunderland na Premier League, campanha muito aquém do esperado.

Diame abriu o placar pro time visitante na primeira etapa, mas Kenwyne Jones empatou no segundo tempo, mantendo ambos os times ameaçados de rebaixamento.

A partida marcou as estreias de quatro jogadores: Benjani Mwaruwari e Alan Hutton, pelo Sunderland, e Marcelo Moreno e Victor Moses, pelo Wigan.

Bolton 0 x 0 Fulham

Outro que não sabe mais o que é vencer é o bom time do Fulham, conhecendo sua quarta partida sem vitória. Já o Bolton é o primeiro dos que não caem.

Tottenham 0 x 0 Aston Villa

Em jogo de vaga em competições europeias, Tottenham e Aston Villa não saíram do zero num jogo bastante movimentado, especialmente próximo à área do goleiro Brad Friedel, do Villa. Pra se ter uma ideia, o Tottenham deu 33 chutes ao longo da partida, mas apenas cinco em direção ao gol. O empate tirou o Tottenham da zona de classificação da Champions League após três rodadas.

Birmingham 2 x 1 Wolverhampton

No sufoco e com dois gols do experiente Kevin Phillips, 36 anos, o Birmingham segue sua ótima campanha na Premier League, ocupando o oitavo lugar. Kevin Doyle fez o gol do Wolves.

O meia Craig Gardner estreou pelo Birmingham, vindo do rival Aston Villa.

Chelsea 2 x 0 Arsenal

Quando se trata desse clássico londrino, é quase certo que Didier Drogba deixará o dele, e neste domingo não foi diferente: o marfinense, em 23 minutos de partida, marcou os dois gols da vitória dos Blues, que abriram nove pontos de frente pros Gunners. Drogba, assim, marcou seu 12º gol contra o time de Arsène Wenger, em dez jogos.

Conforme a coluna desta semana escreveu, o Arsenal, mais uma vez, demonstrou estar um degrau abaixo de Chelsea e Manchester United, especialmente quando os enfrenta. Terão que se "contentar" com suas chances na Liga dos Campeões (enfrenta o Porto), pois na Premier League é muito difícil agora que o título não vá para um de seus rivais.


Veja também:
- Fichas das partidas

2 comentários:

Stéfano disse...

Ao menos uma vitória sobre o grande rival para melhorar a temporada...

Vinícius Franco disse...

Boa vitória do Liverpool, que o colocou na zona de classificação para a UCL. Mas não acho que isso significa que "a casa tá arrumada". Ainda acho que o time do Liverpool é fraco tecnicamente.

E o Portsmouth está cada vez mais perto do rebaixamento.