quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

FA Cup: Tottenham goleia e avança; Man City dá adeus


Em rodada de jogos 'replay', válidos pelas oitavas-de-final, quatro jogos definiram os confrontos da próxima fase:

Tottenham 4 x 0 Bolton

Jogando em casa, o Tottenham não encontrou dificuldades para golear o Bolton por 4 x 0, com destaque para o russo Roman Pavlyuchenko, autor de dois gols, a exemplo do que havia feito no domingo, pela Premier League, diante do Wigan. Os outros gols foram contra: o goleiro Jaaskelainen foi cortar com o pé cruzamento de Palacios em direção a Defoe, e a bola acabou batendo em seu calcanhar e entrando. No segundo tempo, Bale cruzou e foi a vez do zagueiro Andrew O'Brien marcar contra sua própria meta.


Aston Villa 3 x 1 Crystal Palace

Em jogo repleto de pênaltis, o Aston Villa cumpriu as expectativas e se classificou para as 4as-de-final da Copa da Inglaterra, e agora vai com tudo pra final da Copa da Liga Inglesa nesse domingo, diante do Manchester United.

Gabriel Agbonlahor abriu o placar pro Villa no fim do primeiro tempo, no único gol que não foi de pênalti na partida. Na segunda etapa, aos 28 minutos, Darren Ambrose empatou para o time londrino. E aí vieram os pênaltis para o Aston Villa, aos 36 e 44 minutos, ambos convertidos pelo norueguês John Carew, classificando o time de Martin O'Neill.


Stoke City 3 x 1 Manchester City

Enfrentando-se pela terceira vez em onze dias (duas pela FA Cup e uma pela Premier League), o Stoke conseguiu se transformar numa das maiores pedras do poderoso Manchester City na temporada, sem ter perdido nenhum dos três jogos. Hoje, no jogo-desempate, o time de Stoke-on-Trent precisou da prorrogação para se classificar.

Os gols tardaram a sair. Apenas aos 34 minutos do 2º tempo, o suplente Kitson, cinco minutos após entrar no lugar de Sidibe, abriu o placar para o time local, mas mal deu pra comemorar, pois dois minutos depois o galês Craig Bellamy empatou. E o jogo ficou ainda mais louco quando Emmanuel Adebayor 'resolveu' ser expulso dois minutos depois, por cotovelada em Shawcross.

A partida foi para a prorrogação, e o Stoke precisou de nove minutos pra resolver a partida, com gols do mesmo Shawcross e do turco Sanli Tuncay. Com um jogador a menos e precisando fazer dois gols, o time de Roberto Mancini não foi capaz de reverter a desvantagem e diz adeus a competição, se concentrando agora em buscar uma vaga na Liga dos Campeões na Premier League, onde, sábado, tem jogo crucial diante do Chelsea, em Londres.


West Bromwich 2 x 3 Reading

Em outro jogo que precisou de prorrogação, o Reading conseguiu heroica classificação, pois perdia até os 48 minutos do segundo tempo.

Koren abriu o placar para o WBA logo aos seis minutos, mas Kebe, três minutos depois, empatou. O mesmo Koren recolocou o time da casa em vantagem, e a vaga estava garantida até os 48 minutos, até que Howard empatou. Só pra lembrar, no jogo de ida, quem empatou com um gol no finzinho foi o WBA.
Na prorrogação, brilhou a estrela do islandês Sigurdsson, um dos principais jogadores do Reading, que segue na competição onde já eliminou Liverpool e Burnley, dois times da Premier League.


Confrontos das quartas-de-final:

06/03
Portsmouth x Birmingham
Fulham x Tottenham

07/03
Reading x Aston Villa
Chelsea x Stoke City

2 comentários:

Rui Almeida Santos disse...

Grande surpresa em Stoke. Confesso que admiro a ascenção que o Stoke City tem vivido nos últimos anos, muito por culpa do técnico Tony Pullis, mas pensei que o Manchester City iria apostar mais forte nesta competição.
Uma palavra ainda para o Reading. Depois de ter eliminado o Liverpool em pleno Anfield Road, voltou a vencer. Grande campanha.

Matheus Pereira (FootEuro) disse...

cara, quem ganha a FA e a Carling Cup tem algum benefício (classificação) ou só o titulo? abraços.