sábado, 16 de janeiro de 2010

Liverpool bobeia no fim e cede empate para Stoke

Em meio a sua maior crise na temporada, o Liverpool foi a Stoke-on-Trent buscando amenizar a má fase, mas não passou de um empate com os donos da casa por 1 x 1. Destaque para os zagueiros: os gols da partida foram marcados por jogadores da posição.

Num primeiro tempo fraco, as melhores chances do jogo partiam de laterais batidos por Delap, mas isso acabou aos 24 minutos, quando precisou ser substituído com aparente lesão nas costas.

O segundo tempo começou ligeiramente melhor, mas as equipes seguiam com dificuldades de articular lances de perigo, e o gol só poderia mesmo sair de bola parada: aos 12 minutos, Fábio Aurélio bateu falta na área do Stoke, o goleiro dinamarquês Sorensen afastou mal e a bola sobrou pro grego Kyrgiakos abrir o placar.



Apesar do gol, o Stoke não foi para cima dos Reds, preferindo apostar em manter a desvantagem mínima pra partir para uma pressão no final. E, a partir dos 35 minutos, o Stoke passou a dominar a partida, com seguidos cruzamentos na área de Reina. Num desses cruzamentos veio o empate: cobrança de escanteio da direita, o lateral esquerdo Higginbotham escorou e o zagueiro/lateral direito Robert Huth empurrou para o fundo das redes, aos 45 do 2º tempo.

Esse resultado manteve o Liverpool na sétima posição, mas a diferença para o quarto colocado e último classificado pra Champions League pode chegar a sete pontos ao final da rodada. Já o Stoke está na décima colocação.

Um comentário:

Stebozza disse...

Tirando o final do jogo, que até foi bom pela emoção, em geral foi uma partida horrorosa. Jogo muito fraco, baixa qualidade. O Liverpool tem que deletar essa temporada, está péssima.