domingo, 31 de janeiro de 2010

Manchester United vence Arsenal fora; Man City se aproxima dos líderes

Arsenal 1 x 3 Manchester United

No duelo entre segundo e terceiro colocados na Premier League, o Arsenal foi derrotado em pleno Emirates Stadium por 3 a 1, diante do Manchester United. Com isso, se distanciou ainda mais do líder Chelsea, que venceu ontem o Burnley, fora de casa. Já os Diabos Vermelhos, seguem a caçada em busca do tetra campeonato.

Desde os primeiros minutos, o Manchester United tinha mais o controle da partida, pois visivelmente era mais organizado que o Arsenal. O time de Alex Ferguson tocava a bola buscando as melhores oportunidades para marcar, enquanto os Gunners, mesmo jogando em casa, buscavam os contra ataques.

Aos 33 minutos do primeiro tempo, quando a partida estava um pouco mais equilibrada, Nani passou por três jogadores do Arsenal, pelo lado direito, e tocou de cobertura sobre o goleiro Almunia, fazendo um golaço.


Com o gol, o Arsenal tentou esboçar uma reação, porém três minutos depois, Rooney, em um contra-ataque rápido puxado por Nani, aumentou a vantagem dos visitantes, numa jogada que começou após cobrança de escanteio do Arsenal.

Ainda desorganizado, o Arsenal tentava na base da força diminuir o placar, porém logo aos 7 da segunda etapa, Park fez o três a zero, após mais um contra golpe rápido.

A partir daí, o jogo ficou praticamente resumido a vontade ensandecida do Arsenal em marcar seu gol e a tranquilidade do Manchester United em administrar a vantagem.

Quando muitos torcedores já deixavam as dependências do Emirates, o zagueiro-artilheiro Vermaelen, fez o gol de honra para os Gunners.

Com este placar, o Manchester United tem agora 53 pontos, uma a menos que o líder Chelsea. Enquanto o Arsenal vem em terceiro, com 49 pontos conquistados.

Detalhe do jogo: Esta partida teve transmissão ao vivo em 3D para os pubs e bares ingleses.




Ficha da partida:

Arsenal: Almunia; Sagna(Bendtner), Gallas, Vermaelen e Clichy; Song-Billong, Denílson(Walcott) e Fabregas; Rosicky(Eboué), Nasri e Arshavin.
Téc.: Arsène Wenger.

Man Utd: Van der Sar; Rafael, Brown, Evans e Evra; Carrick e Fletcher; Scholes(Giggs), Park(Valencia) e Nani(Berbatov); Rooney.
Téc.: Alex Ferguson.


Manchester City 2 x 0 Portsmouth

Jogando em casa, o Manchester City venceu o Portsmouth, por 2 a 0. Gols de Adebayor e Kompany, todos marcados no primeiro tempo, aos 40 e 45 minutos respectivamente.

Esta foi à primeira partida de Adebayor desde o lamentável atentado a delegação de Togo, em Angola, pela Copa Africana. Na comemoração de seu gol, o togolês levantou as mãos para o céu, numa homenagem aos seus três colegas falecidos.

Com este resultado, o Manchester City fica na sexta colocação, com 41 pontos, porém com dois jogos a menos do que Liverpool, Tottenham, Arsenal e Manchester United, que estão a sua frente na tabela de classificação. Já o Portsmouth continua na lanterninha da competição, com 15 pontos.


Ficha da partida:

Man City: Given; Zabaleta(Onuoha), Kolo Touré, Kompany(Boyata) e Garrido; Barry e Nigel de Jong; Ireland, Martin Petrov(Bellamy) e Tevez; Adebayor.
Téc.: Roberto Mancini.

Portsmouth: James; Vanden Borre, Ben-Haim, Marc Wilson e Hreidarsson(Finnan); Mullins(Owusu-Abeyie) e Basinas; Kevin Boateng, O'Hara e Danny Webber(Piquionne); Utaka.
Téc.: Avram Grant.



Veja também:
- Fichas das partidas
- Jogos de sábado

2 comentários:

Matheus Pereira (FootEuro) disse...

E esse Arsenal.. Só e grande com os fracos. Até logo, e abraços!

futeurope.blogspot.com

Rui Almeida Santos disse...

Não é à toa que os jogadores do United dizem que se fosse Rooney a sair em vez do Ronaldo as coisas seriam bem mais difíceis para o Manchester.
Rooney é um fenómeno, e ontem desmoronou a defesa do Arsenal. Cada vez mais, a luta pelo título será entre Manchester United e Chelsea.

Abraço.